terça-feira, 13 de abril de 2021

ESPORTE: Arena das Dunas: América encara o Cruzeiro no “jogo do milhão”

O jogo do ano. É assim que o América encara o desafio desta quarta-feira (14), às 21h30, na Arena das Dunas, diante do Cruzeiro, pela segunda fase da Copa do Brasil. De acordo com o regulamento do torneio, o empate leva a decisão para os pênaltis.

Mais do que avançar no milionário torneio nacional, a motivação maior está na premiação oferecida pela Confederação Brasileira de Futebol – CBF para quem passa desta fase: R$ 1,7 milhão. Uma boa grana para aliviar as contas do clube e já pensar em arrumar a casa para a fase final do Campeonato Estadual e para o objetivo maior do ano: a SÉRIE D do Brasileirão.

Vale destacar que estão mantidos os protocolos de segurança e sanitário definidos pelas autoridades públicas no combate à pandemia do coronavírus. Apenas a imprensa e quem vai trabalhar nos jogos têm acesso à Arena.

PUBLICIDADE: 

SAÚDE: Leite materno produzido por mães vacinadas tem anticorpos contra a Covid-19, diz estudo

Dois anticorpos específicos contra o novo coronavírus (IgA e o IgG) foram identificados no leite materno produzido por mulheres que receberam a vacina, de acordo com um estudo publicado nesta segunda-feira (12) na revista científica americana “The Journal of the American Medical Association (JAMA)”.

Os pesquisadores avaliam que o leite materno pode ser uma fonte de anticorpos contra a Covid-19 para os recém-nascidos, embora essa conclusão dependa de novos estudos específicos. “Os anticorpos encontrados no leite materno dessas mulheres mostraram fortes efeitos neutralizantes, sugerindo um potencial efeito protetor contra infecção em bebês”, afirmam os cientistas no artigo sobre a pesquisa.

Para chegar aos resultados que confirmaram a presença dos anticorpos no leite, os pesquisadores acompanharam um grupo de 84 mulheres em Israel entre 23 de dezembro de 2020 e 15 de janeiro deste ano. Todas as participantes receberam as duas doses do imunizantes fabricado pela Pfizer-Biontech respeitando o intervalo de 21 dias entre as doses.

*Leia a notícia completa do G1, AQUI

PUBLICIDADE:

REGIÃO: Rio Grande do Norte tem 20 crimes em mais um fim de semana violento

Vinte pessoas foram mortas neste fim de semana no Rio Grande do Norte. Os crimes ocorreram em dez diferentes cidades potiguares e fizeram o estado passar já de 420 assassinatos neste ano.

Segundo o Observatório da Violência (OBVIO), das mortes registradas no RN entre a última sexta-feira (09) e este domingo (11), cinco aconteceram na capital potiguar. Além de Natal, Parnamirim também foi palco para crimes letais contra a vida neste fim de semana.

A cidade da Região Metropolitana notificou três assassinatos; seguida de Mossoró, que também registrou outros três; e de São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu e Caicó, que tiveram duas mortes cada município. Os outros crimes aconteceram em Boa Saúde, Governador Dix-Sept Rosado e Santa Cruz.

Os casos fizeram o estado somar 422 assassinatos entre o começo deste ano e o início da manhã desta segunda-feira (12). No mesmo período do ano passado, o Obvio diz ter contabilizado no território potiguar 51 mortes a mais. Ainda de acordo com a entidade, no acumulado de 2021, Natal lidera o ranking da violência homicida com 86 ocorrências; seguida de Mossoró, com 40 mortes.

Via: Defato.com

PUBLICIDADE:

SEGURANÇA: PM é baleado de raspão na cabeça ao reagir a assalto no bairro de Lagoa Nova

Um policial militar foi baleado após reagir a uma tentativa de assalto na noite desta segunda-feira (12), no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal. Houve uma troca de tiros e o PM foi atingido de raspão na cabeça. O suspeito fugiu do local a pé. O crime aconteceu na rua Vicente Mesquita.

Um dos disparos atingiu a janela de vidro de um apartamento no nono andar de um prédio localizado na rua Tororós. O PM, que é lotado na Companhia Independente de Prevenção às Drogas (Cipred), foi socorrido por companheiros da unidade e levado ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Ele foi atendido e, sem risco de morte, acabou liberado para retornar à residência.

A Polícia Civil vai investigar o caso.

Via: G1RN

PUBLICIDADE:

segunda-feira, 12 de abril de 2021

POLÍTICA: Senador do PT no RN não quer que CPI da Covid investigue governadores

 

Em entrevista à CNN neste domingo (12), o líder da minoria no Senado Jean Paul Prates (PT-RN) disse que não é atribuição do Senado investigar governadores e prefeitos, como pedem requerimentos para ampliar o escopo da CPI da Covid.

“É preciso ter em conta que não é papel do Senado precipuamente analisar, a não ser em casos muito concretos, governadores de estados e prefeitos. Para isso, estão as Assembleias Legislativas, os TCEs em auxílio a elas e as Câmaras Municipais. Cada instância no seu lugar”, declarou. “O papel aqui é de investigar a situação nacional, que se refletiu no Amazonas como um dos pontos agudos”.

Ele se referiu ao fato usado como justificativa para abertura do procedimento, o caos em Manaus em janeiro deste ano, quando pacientes morreram por falta de oxigênio suplementar. “Acredito que a intenção [dos pedidos] foi passar uma imagem de que há equilíbrio, de que ninguém vai perseguir o presidente em si, o que não é a intenção de jeito nenhum, que é de apurar fatos”, continuou. Para ele, a inclusão de governadores e prefeitos também inviabilizaria o processo.

“Acho que é desnecessário e acho que é diversionismo, mas entendo. Acho que nenhum governador tem que temer, que o presidente também não devia temer, se todo mundo fez certo, ninguém deve temer CPI nenhuma”, disse. Ele disse também discordar das afirmações que agora não seria o momento para abrir esse processo. “Acho que se deixar para depois, como em todas as pandemias na história da humanidade, quando acaba há um clima de euforia natural e de ‘deixa disso’. Mas morreram 350 mil pessoas, não é qualquer coisa, não é para deixar para trás”.

O senador também ressaltou que a comissão visa apurar a responsabilidade sobre os acontecimentos, e não de um indivíduo em particular. “A investigação é sobre um fato, não sobre pessoas. As pessoas são quem corroboram os fatos. Vamos investigar o governo e todos os envolvidos, empresas, pessoas físicas, governadores. Mas o foco é em quem é o maior responsável por conduzir esse processo, o Ministério da Saúde e, em segunda instância, o governo federal”.

Com informações da CNN Brasil

PUBLICIDADE:

ECONOMIA: Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina nesta segunda-feira

Acaba nesta segunda-feira (12) o prazo para o trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada contestar a decisão. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.

A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto para a nova rodada.

O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev, estatal que cadastra os dados dos beneficiários, e constatar que teve o benefício cancelado. Caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.

O sistema aceitará somente pedidos considerados passíveis de contestação, que permitem a atualização das bases de dados da Dataprev, como data de nascimento errada, CPF não identificado e informações incorretas sobre vínculos empregatícios e recebimento de outros benefícios sociais e trabalhistas. O prazo de contestação começou no dia 2 e seguirá por dez dias corridos, até esta segunda-feira.

Reavaliação
O Ministério da Cidadania também esclarece que, mesmo após o recebimento da primeira parcela, o auxílio emergencial pode ser cancelado. O governo fará um pente fino constante para verificar eventuais inconsistências ou irregularidades no pagamento do benefício.

Caso o pagamento seja cancelado, o beneficiário também poderá contestar a decisão no site da Dataprev. Também é possível reverter o cancelamento por meio de decisão judicial ou de processamentos de ofício realizados pelo Ministério da Cidadania.

Via: Bahia. BA

PUBLICIDADE:

MUNDO: Para 70% dos japoneses, Olimpíada deve ser adiada ou cancelada, diz pesquisa

Mais de 70% das pessoas no Japão querem que os Jogos Olímpicos de Tóquio sejam cancelados ou adiados devido à pandemia do coronavírus, mostrou uma pesquisa da Kyodo News nesta segunda-feira (12), pouco mais de cem dias antes do início planejado dos jogos.

A pesquisa mostrou que 39,2% querem que os Jogos sejam cancelados, enquanto 32,8% são a favor de um novo adiamento. Apenas 24,5% dos entrevistados desejam que o maior evento esportivo do mundo ocorra conforme programado. Nesta segunda, Tóquio começou um período de um mês de medidas “quase emergenciais” para reduzir uma quarta onda de infecções pela Covid-19 causadas por cepas mutantes.

Mais de 92,6% dos entrevistados ficaram ansiosos com o ressurgimento das infecções, mostrou a pesquisa da Kyodo, realizada de 10 a 12 de abril. Embora as vacinas para pessoas com 65 anos ou mais tenham começado em cerca de 120 locais em todo o país, as doses importadas ainda são escassas e o ritmo das inoculações não deve interromper a última onda de infecções.

A pesquisa descobriu que cerca de 60% das pessoas estavam insatisfeitas com o progresso do Japão nas vacinações. A taxa de aprovação do gabinete do primeiro-ministro Yoshihide Suga aumentou 1,9 pontos percentuais em relação ao mês anterior, elevando sua aprovação para 44%, enquanto sua taxa de desaprovação foi de 36,1%, mostrou a pesquisa.

Via: CNN Brasil

PUBLICIDADE: