domingo, 24 de junho de 2018

ESPORTE: Colômbia se reabilita, e Polônia é 1ª seleção europeia eliminada


Um jogo intenso, com ações de ambas as partes e uma ótima vantagem obtida pela Colômbia, aos 40 minutos do primeiro, com um gol de cabeça do zagueiro Yerri Mina. Na segunda etapa, os colombianos continuaram pressionando e mais dois gols, definindo o triunfo. Assim pode ser resumido Colômbia 3 x 0 Polônia, neste domingo (24/6), na Arena Kazan, em Kazan, pelo Grupo H.
Os colombianos conquistaram sua primeira vitória no Mundial da Rússia e, agora, devem vencer Senegal, na última rodada da primeira fase para avançar às oitavas. Do outro lado, Lewandowski era a única referência da equipe polonesa. Até teve chance para deixar sua marca, mas parou na boa defesa colombiana. Foi a segunda derrota seguida da Polônia, que decepcionou sua torcida em solo russo e não tem mais chances de avançar ao mata-mata. É a primeira seleção europeia a ser eliminada neste.
Com três pontos, a Colômbia ocupa o terceiro lugar do Grupo H. Está atrás de Japão e Senegal, ambos com quatro pontos. Os japoneses lideram somente por terem menos cartões amarelos, que é um dos últimos critérios de desempate.
Na rodada final da chave, a Colômbia terá pela frente o Senegal na quinta-feira (28), às 11h, em Samara. Se vencer, o time sul-americano garante vaga nas oitavas de final. Em caso de empate, vai depender do resultado do duelo entre Polônia e Japão, que vão atuar no mesmo dia e horário.
O jogo que encerra a segunda rodada da primeira fase da Copa da Rússia teve em Mina o protagonista do primeiro tempo. O zagueiro da Colômbia, que atua pelo Barcelona, acertou bela cabeçada após cruzamento que saiu da direita, de James Rodriguez, levando a torcida colombiana à loucura.
No segundo tempo, a Colômbia continuou pressionando e fez mais dois gols, com Falcao Garcia, aos 25 minutos, e com Juan Cuadrado, aos 30, ao receber bela assistência de James Rodriguez, levando a torcida colombiana à loucura.
As duas seleções voltarão do intervalo com um único pensamento: a vitória. Afinal, nada mais interessa às equipes que estrearam na Copa do Mundo da Rússia com surpreendentes derrotas diante de Senegal (2 x 1) e Japão (2 x 1), respectivamente.
Metrópoles



MUNDO: Erdogan é reeleito presidente da Turquia



Recep Tayyip Erdogan, que está há 15 anos no poder, foi reeleito presidente na Turquia na eleição presidencial deste domingo (24), de acordo com porta-vozes do governo. Ele ficará mais cinco anos no poder.

A apuração ainda está em andamento. Com 97% dos votos contados na eleição presidencial, Erdogan tinha 52,6% dos votos, de acordo com a agência oficial turca Anadolu.

Pouco depois da vitória, Erdogan, o líder mais popular da história recente da Turquia, declarou que "não há como voltar atrás em relação aos avanços que ele e o partido conquistaram para a economia nos últimos anos".

"É hora de focar no futuro do nosso país, deixando de lado as tensões do período de eleições" , disse em pronunciamento.

Mais poderes
O resultado das eleições é especialmente importante para a Turquia, já que o vencedor tem agora poderes reforçados após o referendo de abril de 2017 convocado pelo próprio após o fracassado golpe de julho de 2016.

Neste novo sistema, ainda não plenamente em vigor, desaparecerá a figura do primeiro-ministro e o presidente concentrará todo o poder em suas mãos, sem o controle apenas do parlamento.
Desta vez, o presidente turco enfrentou na breve campanha eleitoral uma união inesperada dos partidos de oposição e um concorrente, Muharrem Ince, capaz de desafiá-lo.

Portal G1

Recep Tayyip Erdogan

SEGURANÇA: Rio Grande do Norte atinge a marca de 1 mil assassinatos em 2018


O estado do Rio Grande do Norte atingiu a marca de 1 mil assassinatos em 2018 neste sábado, 23. O milésimo assassinato foi registrado após a morte do policial civil aposentado José Renildo de Morais, de 54 anos. Morais reagiu a um assalto na zona Norte e acabou baleado – ele foi o 16º policial potiguar morto em 2018.

De acordo com o Observatório da Violência no RN (Obvio), ao chegar a 1 mil mortes em 23 de junho de 2018, o Rio Grande do Norte sentiu a redução de 14,5% em relação ao mesmo período no ano passado.

Das mil pessoas assassinadas, 44 foram vítimas de latrocínio (33% a mais do que no ano passado, quando foram registrados 33 mortes nesta categoria de crime). Ainda segundo o Obvio, 916 das mortes foram causadas por armas de fogo.

Agora RN

ESPORTE: Japão e Senegal empatam e seguem juntos na ponta: 2x2



Japão e Senegal empataram por 2x2 neste domingo (24), em Ecaterimburgo, e perderam a chance de dar um passo gigantesco rumo às oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. A partida foi marcada por quebras de recordes dos dois lados.

Os senegaleses estiveram na frente do placar em duas oportunidades, mas não conseguiram segurar a vantagem. Craque do time, Sadio Mané marcou o primeiro e Wagué fez o segundo para se tornar o jogador mais jovem de uma seleção africana a balançar as redes em um Mundial. Ele tem 19 anos e oito meses.

Muito pacientes, os japoneses contaram com o talento do jovem Inui, que fez o primeiro, e com a experiência de Honda. Este saiu do banco para buscar o empate e também conseguiu uma marca importante. Com o gol, o meia do Pachuca, do México, passou a ser o primeiro japonês a marcar em três Mundiais. 

O resultado pode embolar o Grupo H, dependendo do resultado de Polônia e Colômbia, que se enfrentam ainda neste domingo, e deixa a decisão das vagas para a última rodada da primeira fase. Ambos somam quatro pontos, sendo que os japoneses lideram no momento por terem um cartão amarelo a menos que Senegal. 

Os jogos da rodada final da chave serão disputados na próxima quinta-feira (28), às 11h. O Japão tentará a classificação contra a Polônia, em Volgogrado, e o Senegal jogará pela vaga diante da Colômbia, em Samara.

Correio 24 horas



SEGURANÇA: Estudante é baleado durante festa junina na Zona Norte de Natal


Um estudante de 23 anos foi baleado na noite deste sábado (23) durante uma festa junina na Zona Norte de Natal. De acordo com a Polícia Militar, o jovem estava a caminho do arraiá para se apresentar com uma quadrilha quando foi atingido por uma bala perdida.

O crime aconteceu por volta das 21h na rua Professora Beatriz Cortez, no bairro Nossa Senhora da Apresentação. Segundo a PM, um homem tentou atirar em outro, que fugiu. Com isso, efetuou vários disparos e o jovem, que estava a caminho da festa, foi baleado.

A vítima foi socorrida ao Hospital Santa Catarina, também na Zona Norte. De acordo com familiares, o estudante passou por uma cirurgia, mas perdeu um rim.

O arraiá é organizado pelos próprios moradores e acontece há 5 anos no bairro. A polícia fez buscas na região, mas ninguém foi preso.

G1-RN

ESPORTE: Inglaterra goleia Panamá e Kane se isola na artilharia



Inglaterra aplicou a maior goleada da Copa do Mundo de 2018. Em Nizhny Novgorod, os britânicos não tomaram conhecimento da fraca seleção do Panamá e fizeram 6 a 1. Como de costume, o destaque foi Harry Kane, que marcou três vezes e assumiu a artilharia isolada da competição, com cinco gols. De quebra, garantiu de forma tranquila a classificação da seleção para as oitavas de final.

Por conta da acachapante goleada, a Inglaterra joga por um empate diante da Bélgica, às 15h (de Brasília) da próxima quinta-feira, para ficar com a primeira colocação no Grupo G. As duas seleções somam seis pontos e têm seis gols de saldo, mas os britânicos levaram menos cartões amarelos nas duas primeiras rodadas, o que pode mudar no duelo decisivo pela ponta da chave. Tunísia e Panamá, sem pontuar, estão eliminados.

Bola aérea vira marca inglesa
Como aconteceu diante da Tunísia, a bola aérea foi a principal arma da Inglaterra. Três dos cinco gols da seleção no primeiro tempo saíram após cruzamentos para a área. Logo com oito minutos, Stones aproveitou escanteio batido por Trippier e abriu o placar. O Panamá bem que tentou aparecer no ataque, mas a diferença técnica foi latente. Aos poucos, os britânicos foram se soltando e o placar sendo construído sem dificuldade.

Kane, artilheiro da Copa
A bola procura. E ele estava no lugar certo. Loftus-Cheek, substituto de Dele Alli, fez boa jogada pelo meio e arriscou. O lance parecia não oferecer perigo a Penedo. Mas no caminho, havia Harry Kane. Mesmo sem querer, a bola bateu no atacante do Tottenham e enganou o goleiro do Panamá. Foi o quinto gol do camisa 9 na Copa do Mundo, ultrapassando Cristiano Ronaldo e Lukaku, que somam quatro.

Portal Terra




MUNDO: Ataques russos no sul da Síria sinalizam ofensiva de Assad


A viões de combate russos bombardearam áreas da oposição no sudoeste da Síria na madrugada deste domingo (24/06), fornecendo apoio aéreo pela primeira vez a uma ofensiva do regime do presidente Bashar al-Assad para retomar um dos últimos redutos rebeldes no sul do país.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, os russos realizaram ao menos 25 investidas a nordeste da cidade de Daraa. Fazendo fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã controladas por Israel, a frente de batalha do sudoeste da Síria é uma das mais complicadas da guerra que já dura sete anos.

O regime de Assad lançou uma ofensiva terrestre e aérea em partes controladas pela oposição nas províncias de Daraa, Quneitra e Sweida no início desta semana, colocando em risco um acordo trilateral de "distensão", firmado há um ano e garantido pela Rússia, Estados Unidos e Jordânia.

Com o avanço dos combates no sudoeste da Síria, paira a ameaça de desestabilização da Jordânia, do deslocamento de dezenas de milhares de civis e do envolvimento de forças regionais e internacionais, o que inclui o aumento da probabilidade de um confronto direto entre Israel e o Irã.

Com regiões rebeldes em Idlib e no norte de Aleppo sob proteção turca e os EUA apoiando forças curdas e árabes contra o "Estado Islâmico" no nordeste do país, havia a expectativa de que o regime Assad lançasse uma ofensa no sudoeste da Síria, após retomar redutos rebeldes em torno de Damasco e no oeste do país nos últimos meses.

O poder aéreo russo, ao lado de forças terrestres iranianas e milícias apoiadas pelo Irã, tem sido fundamental para ajudar as forças sírias a retomar o território dos rebeldes e virar a maré da guerra em favor do regime.

Via: Globo. Com
PUBLICIDADE: